É Preciso Gritar o Nosso Contra

Ave Terrena A história do nosso teatro está cheia de figuras controversas. Até hoje. Melhor nem começar a conversa. Mas o assunto aqui é o passado, ainda bem. Temos a distância no tempo, único calmante possível para o fogo de cena, no AQUI-AGORA do presente, matéria viva do teatro. Ziembinski, também conhecido como Zimba, diretor e ator polonês e brasileiro, é uma dessas figuras. No … Continuar lendo É Preciso Gritar o Nosso Contra

Ressignificando o Espaço Público: Os Teatros de Rua do Brasil

Chayenne Orru Mubarack O princípio político do teatro é esquecido na medida em que o público é deixado de lado. No teatro convencional de sala isso ocorre quando as luzes da plateia se apagam e iluminam-se os atores, quando ambos precisam e desejam viver um jogo, e não apenas criar papéis. Os espectadores almejam experimentar o espetáculo. Isso explica por que o teatro de sala … Continuar lendo Ressignificando o Espaço Público: Os Teatros de Rua do Brasil

Jogos de Vozear

As diferenças e particularidades das pessoas reverberam na singularidade das suas vozes e na incontestável variação de detalhes anatômicos e culturais que a garantem. Com uma abordagem pedagógica, a autora, com ampla experiência internacional, analisa os tratamentos vocais, textuais e de linguagem, explorando técnicas psicofísicas com o auxílio da fenomenologia de Merleau-Ponty, segundo a qual voz e corpo atuam como portadores de potências imagéticas do … Continuar lendo Jogos de Vozear

58º Prêmio Jabuti

O Prêmio Jabuti chega a sua 58a edição!Este ano, a editora Perspectiva participa com três publicações! Conheça os livros finalistas de 2016. Ano passado estivemos na primeira posição da categoria Tradução, com Spinoza: Obra Completa (J. Guinsburg, Newton Cunha e Roberto Romano ).   A Utilidade do Conhecimento (Carlos Vogt) Categoria: Ciências da Natureza, Meio Ambiente e Matemática Carlos Vogt, pensador da cultura e poeta, é professor de semiótica e, portanto, busca nos signos … Continuar lendo 58º Prêmio Jabuti

O Poder das Cênicas

Quando a sociedade se perde em individualidades e preconceitos é preciso dar um passo atrás e procurar formas de reverter o caos da atualidade. Talvez a solução esteja na delicadeza do teatro.   Em meio ao caos da desumanidade que irradia pela sociedade moderna, Campo Feito de Sonhos – Os Teatros do Sesi propõe a investigação do desejo de ser e compartilhar, por meio da aceitação e harmonização das … Continuar lendo O Poder das Cênicas

Clássico Renascido

Quando Friedriech Hölderlin, o grande poeta romântico alemão, traduz Antígona, de Sófocles, guia-se pelo pensamento mítico-trágico, oferecendo, na interpretação de Kathrin Rosenfield, uma leitura sui generis e de incrível conhecimento histórico e antropológico. Em trabalho de reconstituição do método tradutório, a obra analisa elementos como ritmo, som e sentido, evidenciando a originalidade e extensão da tradução do poeta alemão. A versão de Hölderlin transcende leituras canônicas e mantém-se fiel … Continuar lendo Clássico Renascido

Ribalta (C)rua

Seja pela frequência do transeunte ou pela via semiótica, as calçadas urbanas alimentam-se do persistir comunicativo e fluxo de ideias  Com o aparecimento de grandes cidades e a noção de público e privado, algo se perde no imaginário das ruas. O pensamento mercadológico avança sobre o campo das artes e tudo aquilo que se considera rentável é fechado e obstruído pelo preço de ingressos e salas fechadas. As ruas, entendidas … Continuar lendo Ribalta (C)rua

Procura-se uma Personagem (Mais) Complexa

Quando o papel do público e do ator no teatro deixa de ser jogo artificial e passa a ser expressão orgânica do natural, algo precisa ser explicado. Senhoras e senhores, temos o prazer de apresentar, nesta feira de ideias e debates, ninguém menos que Constantin Stanislávski! Do fortuito encontro entre Constantin Stanislávski e Nemiróvitch-Dântchenko surge a ideia de um novo teatro, proveniente de uma arte genuína, na qual finda o … Continuar lendo Procura-se uma Personagem (Mais) Complexa

Jogo e Formação no Palco

Quantos Brechts, Müllers e Brueghels são necessários para levar um ateliê de pintura ao palco? Quais são as possibilidades pedagógicas desse encontro?   Partindo de experiências teatrais construídas com aprendizes e futuros professores, o autor de Alegoria em Jogo: A Encenação como Prática Pedagógica, Joaquim Gama, explora o que chama de “teatro de figuras alegóricas” num laboratório para uma nova abordagem estética da pedagogia teatral. Utilizando gravuras de Peter Brughel, … Continuar lendo Jogo e Formação no Palco

Representar por entre tempos

Dizem as más línguas que os acadêmicos de humanas nunca conseguiram misturar letras e números. É chegado o tempo (e o espaço) de superar este clichê   Jorge Andrade – Um Dramaturgo no Espaço-Tempo prova que o teatro e a teoria da relatividade estão mais próximos do que se imagina, e que a física pode ser a ciência exata preferida das humanas. Em Jorge Andrade, a análise de peças … Continuar lendo Representar por entre tempos