Post fixo

Ele, Maiakóvski

Julia Izumino Em meio à concorrência de programas, projetos e vanguardas artísticas que se desenvolviam no começo do século XX na Rússia, desde as formas messiânicas da poesia pura do Simbolismo até a força de libertação dos limites da arte burguesa que impulsionava os Cubo-futuristas, foi o Construtivismo que conseguiu, pela primeira vez, estabelecer no cânone e na crítica uma arte que operasse uma revolução … Continuar lendo Ele, Maiakóvski

Semana da Poesia: Lírica Grega

“Meu interesse por literatura grega começou a partir do contato com a poesia de Safo. Foi despertado há quarenta anos, quando eu contava dezessete, numa aula memorável de Francisco Achcar. Lembro-me perfeitamente de sua oralização de dois fragmentos da poeta  de Lesbos, traduzidos por Haroldo de Campos e incluídos no apêndice do Abc da Literatura de Ezra Pound. Ainda hoje, ao relê-los, considero-os primorosos por … Continuar lendo Semana da Poesia: Lírica Grega

Semana da Poesia: Heine

5. Heinrich Heine Heine – poeta, escritor, jornalista e pensador (nascido Harry, em 1797; batizado Heinrich, em 1825; falecido Henri, em 1856) – foi uma das personalidades mais fascinantes e contraditórias do século XIX. Aluno do crítico, tradutor e teórico da literatura August von Schlegel, do linguista e sanscritólogo Franz Bopp e do filósofo Georg Hegel, ascendeu dos salões literários de Berlim à efervescente metrópole … Continuar lendo Semana da Poesia: Heine

Semana da Poesia: José Lino Grünewald

4.José Lino Grünewald “Nascido no Rio de Janeiro, José Lino Grünewald (1931-2000) foi um dos mais talentosos poetas brasileiros contemporâneos, que, com pouca ou nenhuma justiça, deixou de figurar na totalidade de antologias dos “melhores do século”, tão abundantes no recente fin de siècle. Ele faz parte de uma constelação de grandes visionários da palavra que deram à nossa lírica alguns exemplos excepcionais e também, … Continuar lendo Semana da Poesia: José Lino Grünewald

Semana da Poesia: Horácio Costa

3. Horácio Costa   A Poesia Alegórica de Horácio Costa O que se espera de um poeta no trato com a língua tem por base uma ação imprescindível: tornar exuberante o uso adulterado das palavras, senão modificá-lo, renová-lo permanentemente para que a linguagem nos atinja única e certeira em sua singularidade. A poesia de Horácio Costa, há muito atenta a isso, faz do artifício a … Continuar lendo Semana da Poesia: Horácio Costa

Semana da Poesia: Mallarmé

2. Mallarmé O Mallarmé de olhos para o futuro, o que estabelece os degraus construtivos para que se constituam as novas estruturas arquitetônicas da poesia em nosso século, é, sem dúvida, o de “Um Lance de Dados” e o do apenas delineado “Livro”. Isso não quer dizer, no entanto, que o restante de sua poesia não seja relevante ou não mereça ser estudado e apreciado. Sob … Continuar lendo Semana da Poesia: Mallarmé

Semana da Poesia: Maiakóvski

1.Maiakóvski “Já se afirmou muitas vezes ser Maiakóvski intraduzível, pois o emprego que ele faz do coloquial é tão específico, tão característico de um momento e de uma situação, que seria vão qualquer esforço de reproduzir sua obra integralmente em outra língua. O próprio poeta frisou, no prefácio a uma coletânea de seus versos em polonês, as dificuldades de uma tradução desse tipo. No entanto, … Continuar lendo Semana da Poesia: Maiakóvski

Poeta Transcriador

O concretismo, que constitui uma revolução no modelo poético brasileiro na segunda metade do século XX, parecia nos últimos tempos dormitar nos recantos da história, apesar de contar com a presença de um dos principais expoentes no Brasil, e com muitos seguidores na literatura e na música, rastros visíveis de sua influência nas novas gerações de poetas e leitores. Esta presença se tornou marcante recentemente … Continuar lendo Poeta Transcriador