Post fixo

A Filosofia Crítica de Foucault

por Lucas Bento Pugliesi Desde de que Kant, na Crítica da Razão Pura, sepultou a exterioridade de nossa mente, relegando-a ao campo do conhecimento especulativo, a questão maior da filosofia se deslocou, talvez, do questionamento acerca da natureza das coisas – a pergunta socrática por excelência –, para uma reflexão sobre o que podemos conhecer e, em última instância, como podemos enunciar este conhecimento.         … Continuar lendo A Filosofia Crítica de Foucault

Encanto que Embriaga

Estaria a arte sonora realmente apta a comunicar um sentido? Em que consistiria a expressividade de uma composição musical? Ao apresentar um modo singular de atuar sobre o ouvinte e de transmitir seu sentido, a música torna-se, com frequência, alvo de suspeita para uma cultura guiada pelo lógos demonstrativo e por uma “razão viril”. Contudo, estaria a arte sonora realmente apta a comunicar um sentido? … Continuar lendo Encanto que Embriaga

Post fixo

Ética do Amor

Emmanuel Lévinas é o filósofo da ética da alteridade, do outro, da percepção e respeito às diferenças. O binômio amor e justiça em Lévinas se distancia tanto do caráter abstrato ou de conceitos vazios como abandona a visão do indivíduo e da justiça pensada em função dele. Amor e justiça, segundo Lévinas, brotam do reconhecimento do rosto e da proximidade do próximo e do próximo … Continuar lendo Ética do Amor

O Ciclo do Totalitarismo

Ruy Fausto¹ Com a plena adesão da China a um capitalismo autoritário e com o governo autocrático “não comunista” de Putin, termina, pode-se dizer, um ciclo. Um ciclo que conduziu a China e a Rússia de sociedades oligárquicas com capitalismo incipiente e grande base agrária a sociedades de capitalismo selvagem e, consideravelmente, mafioso. É sobre esse processo que se trata de refletir. Eu o tomo … Continuar lendo O Ciclo do Totalitarismo

Post fixo

A Traição das Palavras

por Caio Cesar Esteves de Souza         Há alguns autores que são velhos conhecidos de muitos leitores, embora pouquíssimo lidos e até mesmo um tanto temidos por eles. Denis Diderot (1713-1784) entra nesse rol de escritores cujos nomes todos conhecemos e cujas obras raramente lemos, talvez por não sabermos muito bem como nos aproximarmos de seus textos. Conhecido por coordenar com D’Alembert (1717-1783) a escrita … Continuar lendo A Traição das Palavras

Post fixo

Foucault e o Nascimento do Asilo

Lucas Bento Pugliesi “Oito anos de cadeia estou tirando e não me mandaram embora ainda”; “Já venceu minha cadeia já, eu quero sair daqui já”; “Eu matei, eu matei, mas estou com a minha cadeia paga”. É com frases como essas, enunciadas pelos internos do HCT – manicômio judicial de Salvador –, que se abre o documentário A Casa dos Mortos, da antropóloga Débora Diniz. … Continuar lendo Foucault e o Nascimento do Asilo

Post fixo

Quando o Filósofo É Sofista

Lucas Bento Pugliesi              Quem adquirir a nova edição de Protágoras da Editora Perspectiva se beneficiará, como nas alardeadas promoções de hipermercados, com dois livros em um. Além da excepcional tradução bilíngue de um dos diálogos mais complexos de Platão, pontuada por notas que tornam acessíveis as múltiplas camadas do texto (em suas alusões, ironias ou subversões paródicas), o leitor … Continuar lendo Quando o Filósofo É Sofista

Post fixo

Quanto Tempo o Tempo Tem? Passado e Futuro, mas Principalmente, o que Há Entre Eles

Yuri Cortez No dia em que peguei pra ler o Entre o Passado e o Futuro, os meninos lá de casa resolveram que íamos começar a assistir “Dark” (2017), uma série de suspense que gira em torno de uma pacata cidadezinha no interior da Alemanha onde o tempo não parece funcionar como deveria. As coisas se repetem em um ciclo agoniante, as personagens estão presas … Continuar lendo Quanto Tempo o Tempo Tem? Passado e Futuro, mas Principalmente, o que Há Entre Eles

As heresias de Spinoza

Lucas Bento Pugliesi Juan de Prado (1612?-1670?) sintetiza em sua vida muitas das aporias do século XVII. Médico da Andaluzia de ascendência sefardi, escapa do Santo Ofício, enraizando-se na Comunidade Judaica de Amsterdã. Para vários judeus de origem ibérica, a heterodoxa comunidade dos Países Baixos era uma garantia de sobrevivência, ainda que se renunciasse a vida prévia moldada pela educação de cristão novo. O percurso … Continuar lendo As heresias de Spinoza

Post fixo

Lessing e a Invenção da Arte

Lucas Bento Pugliesi Sob o risco do  leitor morrer de tédio, desculpo-me por antecedência por iniciar o percurso da discussão sobre a edição das obras de Lessing, a partir do ressuscitar de velharias; contudo, sem elas, me parece, o pensamento  do autor perde em termos de contextualização. Principiamos por Alberti, figura central do Renascimento, que operou no século XV uma inédita organização da tendência em … Continuar lendo Lessing e a Invenção da Arte