Post fixo

Henri Meschonnic: Europa Entre Literatura e Tradução

Pacelli Dias Alves de Sousa Henri Meschonnic (1932 – 2009) foi poeta, professor e linguista. A função que o consagrou e levou seu nome e obra adiante, por sua vez, foi a de tradutor, conhecido especialmente pela tradução do Antigo Testamento da Bíblia. Para o professor francês, traduzir era um trabalho basilar dentro do pensamento, nunca algo mecânico ou somente técnico, mas disciplina e laboratório … Continuar lendo Henri Meschonnic: Europa Entre Literatura e Tradução

Post fixo

A Traição das Palavras

por Caio Cesar Esteves de Souza         Há alguns autores que são velhos conhecidos de muitos leitores, embora pouquíssimo lidos e até mesmo um tanto temidos por eles. Denis Diderot (1713-1784) entra nesse rol de escritores cujos nomes todos conhecemos e cujas obras raramente lemos, talvez por não sabermos muito bem como nos aproximarmos de seus textos. Conhecido por coordenar com D’Alembert (1717-1783) a escrita … Continuar lendo A Traição das Palavras

Post fixo

Com Tinta Vermelha: uma Intersecção entre Memória, História e Ficção

por Juliana Eliezer Na nona de suas “Teses sobre o conceito de história”, de 1940,  Walter Benjamin examina o desenho expressionista Angelus Novus, do pintor alemão Paul Klee, que retrata um anjo de asas abertas, apresentado como se olhasse para o exterior do quadro, e cuja expressão é de inquietude. O “anjo novo” deveria ser o mensageiro de um novo tempo; entretanto, diz o crítico … Continuar lendo Com Tinta Vermelha: uma Intersecção entre Memória, História e Ficção

Post fixo

Poesia de Facebook e Outras Maravilhas do Capitalismo Tardio

Yuri Wittlich Cortez         Quando eu estava no segundo ano da faculdade, acho que há uns três mil anos já, pegamos pra ler “Narrar ou Descrever?” do Georg Lukács. Recomendo a leitura a qualquer pessoa que goste de literatura; é um ensaio em que Lukács compara as cenas de corrida de cavalos em Ana Karenina e Naná, e demonstra como a posição social dos dois … Continuar lendo Poesia de Facebook e Outras Maravilhas do Capitalismo Tardio

Post fixo

O Diário de Korczak Entre Testemunhos

Rafael Rocca Será que ninguém teve a ideia de colecionar as experiências ou as confissões das pessoas, todas essas cartas e diários escritos nos campos de concentração e prisões, testemunhos daqueles sobre quem pesa uma sentença de morte ou daqueles que relatam as emoções da véspera de uma grande batalha, da Bolsa ou de uma casa de jogo? Korczak, 2017, pp. 94-95.         Janusz Korczak … Continuar lendo O Diário de Korczak Entre Testemunhos

Post fixo

Somos Mais Realistas que os Reis?

por Noemi Moritz Kon* 19 de maio deste ano foi marcado pela transmissão midiática em escala planetária da cerimônia de casamento entre o príncipe Harry e a atriz Meghan Markle na Capela St. George, em Windsor, Inglaterra. Foram muitos os detalhes que desafiaram simbolicamente convenções antes inquestionáveis de eventos deste porte envolvendo a Coroa britânica, talvez hoje a mais tradicional e cultuada das realezas que … Continuar lendo Somos Mais Realistas que os Reis?

Post fixo

Violência Policial À Luz de Hannah Arendt

Letícia Tury A obra de Hannah Arendt é considerada um clássico porque se insere nos mais diversificados quadrantes culturais e pode ser caracterizada por uma pluralidade de perspectivas. O livro Ética, Responsabilidade e Juízo em Hannah Arendt é a versão brasileira da tese de doutorado da autora Bethania Assy, professora de Filosofia do Direitos na UERJ e PUC-Rio. Na PUC-Rio, Assy coordena também o Núcleo … Continuar lendo Violência Policial À Luz de Hannah Arendt

Post fixo

Foucault e o Nascimento do Asilo

Lucas Bento Pugliesi “Oito anos de cadeia estou tirando e não me mandaram embora ainda”; “Já venceu minha cadeia já, eu quero sair daqui já”; “Eu matei, eu matei, mas estou com a minha cadeia paga”. É com frases como essas, enunciadas pelos internos do HCT – manicômio judicial de Salvador –, que se abre o documentário A Casa dos Mortos, da antropóloga Débora Diniz. … Continuar lendo Foucault e o Nascimento do Asilo

Post fixo

Bandido Funkeiro, Maestro Nazista

Thiago Alves de Souza Muito se fala da associação entre o crime e o funk brasileiro. Um gênero musical aliado a uma atividade de transgressão moral e ética. Quem ousaria defender o funk, com suas letras e batidas agressivas, quando da acusação de sua associação ao tráfico e ao crime de modo geral? Para aqueles que acham que fazer um funk com conteúdo explícito é … Continuar lendo Bandido Funkeiro, Maestro Nazista

Post fixo

Compreendamos Nossa Pequenez

Elisa Alves Os seres humanos são seres culturais. Nascemos em um mundo preexistente, com uma história e regras já instituídas. Nascemos em um local específico, com determinado clima, tipo de paisagem, hábitos alimentares e sob a responsabilidade de uma ou mais pessoas. É importante dar-se conta de uma certa aleatoriedade e imprevisibilidade das experiências que nos definem, que nos fazem ser quem somos. A religião … Continuar lendo Compreendamos Nossa Pequenez