Encanto que Embriaga

Estaria a arte sonora realmente apta a comunicar um sentido? Em que consistiria a expressividade de uma composição musical? Ao apresentar um modo singular de atuar sobre o ouvinte e de transmitir seu sentido, a música torna-se, com frequência, alvo de suspeita para uma cultura guiada pelo lógos demonstrativo e por uma “razão viril”. Contudo, estaria a arte sonora realmente apta a comunicar um sentido? … Continuar lendo Encanto que Embriaga

Post fixo

Breve História do Cálculo Literário

Lucas Bento Pugliesi Nada, à primeira vista, parece mais avesso à literatura do quê a matemática. Ecoa Horácio, como exortação em sua mais famosa ode, 1.11, que não devemos consultar “babilônios números” para saber o porvir. A referência à escrita interpretativa do futuro nos números é tida como ímpia; afinal, saber o futuro é desafiar as Parcas, a quem todos devem prestar contas no que … Continuar lendo Breve História do Cálculo Literário

Post fixo

Dezenove Princípios Para a Crítica Literária

Anatol Rosenfeld¹ Acusar os críticos de mais de 40 anos de impressionismo, aqueles de esquerda de sociologismo, aqueles minuciosos de formalismo, e reclamar para si uma posição de equilíbrio; Citar em alemão os livros lidos em francês, em francês os livros espanhóis, e, nos dois casos, fora de contexto; Começar sempre por uma declaração de método e pela desqualificação das demais posições. Em seguida, praticar … Continuar lendo Dezenove Princípios Para a Crítica Literária

Post fixo

Quanto Vale a Sua Felicidade?

Quando a busca pela felicidade passa a figurar em pautas científicas e políticas, é o momento de tirar um segundo para entender o que queremos dizer quando falamos em “ser feliz”. Cada vez mais, pesquisadores defendem que a medição de prosperidade deva levar em conta mais o nível de satisfação pessoal do o controverso PIB. Por quê? Quais as implicações disso? Do pessimismo de Sófocles … Continuar lendo Quanto Vale a Sua Felicidade?

Post fixo

Ética do Amor

Emmanuel Lévinas é o filósofo da ética da alteridade, do outro, da percepção e respeito às diferenças. O binômio amor e justiça em Lévinas se distancia tanto do caráter abstrato ou de conceitos vazios como abandona a visão do indivíduo e da justiça pensada em função dele. Amor e justiça, segundo Lévinas, brotam do reconhecimento do rosto e da proximidade do próximo e do próximo … Continuar lendo Ética do Amor

Post fixo

Tchékhov, Nosso Contemporâneo

Tchékhov ganhou espaço, à sua época, por seu caráter inventivo. Hoje, mais de um século depois de sua morte, prevalece a pergunta: por que Anton Tchékhov ainda nos interessa? Nas distantes paisagens russas, a figura e a obra de Tchékhov é dominante. Apenas aparentemente fechado em uma sensibilidade de fim de século, foi acusado de decadente por muitos de seus contemporâneos e idolatrado por outros … Continuar lendo Tchékhov, Nosso Contemporâneo

Post fixo

Escotoma – Omissão e Negligência na Ciência

Oliver Sacks¹ Passei, como médico, quinze anos efetuando observações neurológicas, mas, em 1974, eu mesmo vivi uma experiência neurológica – experienciei, por assim dizer, a “interioridade” de uma síndrome neuropsicológica. Eu machucara gravemente os nervos e os músculos de minha perna esquerda ao realizar uma escalada numa parte remota da Noruega. Necessitava de uma cirurgia para ligar os tendões do músculo e de tempo para curar … Continuar lendo Escotoma – Omissão e Negligência na Ciência

O Ciclo do Totalitarismo

Ruy Fausto¹ Com a plena adesão da China a um capitalismo autoritário e com o governo autocrático “não comunista” de Putin, termina, pode-se dizer, um ciclo. Um ciclo que conduziu a China e a Rússia de sociedades oligárquicas com capitalismo incipiente e grande base agrária a sociedades de capitalismo selvagem e, consideravelmente, mafioso. É sobre esse processo que se trata de refletir. Eu o tomo … Continuar lendo O Ciclo do Totalitarismo

Post fixo

Citação literária, para quê?

Lucas Bento Pugliesi Prática das mais recorrentes, e talvez constitutivas da literatura, é a citação. O meio literário tende a configurar um sistema debruçado sobre si, de modo que os textos frequentemente aludem, comentam, contrastam ou endossam seus antecessores em um gesto validador de uma espécie de série de objetos entendidos como parte de um mesmo todo. Assim, uma das principais vias pela qual um … Continuar lendo Citação literária, para quê?

Post fixo

Henri Meschonnic: Europa Entre Literatura e Tradução

Pacelli Dias Alves de Sousa Henri Meschonnic (1932 – 2009) foi poeta, professor e linguista. A função que o consagrou e levou seu nome e obra adiante, por sua vez, foi a de tradutor, conhecido especialmente pela tradução do Antigo Testamento da Bíblia. Para o professor francês, traduzir era um trabalho basilar dentro do pensamento, nunca algo mecânico ou somente técnico, mas disciplina e laboratório … Continuar lendo Henri Meschonnic: Europa Entre Literatura e Tradução