Dezenove Princípios Para a Crítica Literária

Anatol Rosenfeld¹
  1. Acusar os críticos de mais de 40 anos de impressionismo, aqueles de esquerda de sociologismo, aqueles minuciosos de formalismo, e reclamar para si uma posição de equilíbrio;
  2. Citar em alemão os livros lidos em francês, em francês os livros espanhóis, e, nos dois casos, fora de contexto;
  3. Começar sempre por uma declaração de método e pela desqualificação das demais posições. Em seguida, praticar o método habitual (o infuso);
  4. Nunca apresentar a vida do autor sem antes atacar o método biográfico. Vários acertos podem ser compensados por uma redação horrível;
  5. Não esqueça: o marxismo é um reducionismo, e está superado pelo estruturalismo, pela fenomenologia, pela estilística, pela nova crítica americana, pelo formalismo russo, pela crítica estética, pela linguística e pela filosofia das formas simbólicas;
  6. Citar muito e nunca a propósito. Uma bibliografia extensa é capital;
  7. A argumentação deve ser técnica, sem relação com as conclusões;
  8. Não esqueça: o marxismo é um reducionismo, e está superado pelo estruturalismo, pela fenomenologia, pela estilística, pela nova crítica americana, pelo formalismo russo, pela crítica estética, pela linguística e pela filosofia das formas simbólicas;
  9. Resolva sempre sem entrar no mérito da questão;
  10. Para as questões de ontologia, Wellek; para as de forma, Kayser;
  11. A psicanálise está menos superada do que o marxismo, porém é também muito unilateral;Verniz pneu
  12. Não esqueça: o marxismo é um reducionismo, e está superado pelo estruturalismo, pela fenomenologia, pela estilística, pela nova crítica americana, pelo formalismo russo, pela crítica estética, pela linguística e pela filosofia das formas simbólicas;
  13. Afrânio Coutinho introduziu a crítica científica no Brasil;
  14. Publique longos resumos de livros sem importância, convença o editor a traduzi-los e o leitor a lê-los;
  15. Um doutoramento vale ouro;
  16. Antonio Candido é o último reduto da crítica sociológica no país;
  17. A crítica de nosso tempo é engajada e autêntica, e não descura de sua vocação profunda, de seu compromisso com o homem naquilo que ele tem de eterno e naquilo que tem de circunstancial, compromisso que irá cumprir resolutamente até o fim. Isto é que é importante;
  18. Os livros editados pela Universidade de Indiana e importados pela Livraria Pioneira são importantíssimos;
  19. Muito cuidado com o óbvio. O mais seguro, sempre, é documentá-lo estatisticamente, usando um gráfico se houver espaço!

Na maior parte de seus textos ficcionais, Anatol Rosenfeld deixa transparecer o seu profundo embasamento filosófico, o que não é de admirar tratando-se de um autor não só com rica formação nessa área, como sempre interessado nela – fato que, aliás, se traduz no constante cultivo crítico e ensaístico de temas relacionados à filosofia.

Anatol on the Road [P022}

Porém, não é demais sublinhar, neste caso, o papel que tal vinculação exerce nas suas composições cronísticas e narrativas. (…) Em Dezenove Princípios para a Crítica Literária, cuja crítica se converte em metacrítica ao voltar-se contra os maus críticos, os extensamente titulados e os que pretendem garantir o valor do seu trabalho e de sua autoridade por meio da ostentação de copiosa bibliografia, o corte irônico e sarcástico é  uma característica recorrente, sendo que o seu tom corrosivo torna-se quase escárnio através das suas iterativas microanálises e microdescobertas que provocam um incomodado sorriso de desconfiança. ²


[1] Excerto extraído do volume Anatol on the Road, organizado por Nancy Fernandes.
[2] Excerto extraído do prólogo da mesma publicação, de J. Guinsburg e Nancy Fernandes.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s