Festa do Livro – USP

A Festa do Livro da Universidade de São Paulo é um dos eventos mais esperados do ano. Nesta 18a edição, a feira será realizada entre os dias 22 e 25/11 das 9h às 21h, na avenida Prof. Mello Moraes, travessa C!

A editora Perspectiva estará na Tenda Verde, ilha 2, conforme o mapa, junto com editoras como Edusp, Évora, UNESP, Humanitas e tantas outras !

 

 

mapa-do-folheto

Confira os livros que estarão com desconto mínimo de 50%!

1789 – 1799 A REVOLUÇÃO FRANCESA
2 OU + CORPOS NO MESMO ESPAÇO
40 QUESTÕES PARA UM PAPEL
ADEUS A EMMANUEL LÉVINAS
AGAMEMNON DE ESQUILO
ALDA GARRIDO
ALEGORIA EM JOGO
ALEM DOS LIMITES
ALEMANHA NAZISTA E OS JUDEUS, A: VOL. I
ALEMANHA NAZISTA E OS JUDEUS, A: VOL.II
ALMAS MORTAS
ALQUIMISTAS DO PALCO
ALQUIMISTAS JUDEUS, OS
ANALISE DOS ESPETÁCULOS: TEATRO-MIMICA
ANTÍGONA, INTRIGA E ENIGMA
ANTÍGONE DE SÓFOCLES
ANTOLOGIA DOS POETAS BRASILEIROS DA FASE COLONIAL
ANTROPOLOGIA APLICADA
APELOS
APOCALÍPTICOS E INTEGRADOS
APRESENTAÇÃO DO TEATRO BRASILEIRO MODERNO
ARQUEOLOGIA DA POLITICA
ARQUITETURA CONTEMPORÂNEA NO BRASIL
ARQUITETURA ITALIANA EM SÃO PAULO
ARQUITETURA, INDUSTRIALIZAÇÃO E DESENVOLVIMENTO
ARTAUD E O TEATRO
ARTE DA PERFORMANCE, A
ARTE DO ATOR ENTRE OS SECULOS XVI E XVI
ARTE DO ATOR, A
ARTE E POLITICA NO BRASIL
ARTE NA ERA DA MAQUINA, A
ARTE POÉTICA, A
ARTE, PRIVILEGIO E DISTINÇÃO
ARTE-EDUCAÇÃO NO BRASIL
ATOR COMO XAMA, O
ATOR NO SECULO XX, O
AUGUST STRAMM: POEMAS-ESTALACTITES
AVERRÓIS – A ARTE DE GOVERNAR
AVICENA: A VIAGEM DA ALMA
BACANTES DE EURÍPIDES, AS
BALANCO DA BOSSA E OUTRAS BOSSAS
BARBARA HELIODORA: ESCRITOS SOBRE TEATRO
BARROCO: TEORIA E ANALISE
BATEDORA DE LACAN, A
BAUHAUS: NOVARQUITETURA
BECKETT E A IMPLOSÃO DA CENA
BORGES & GUIMARÃES
BORGES E A CABALA
BORGES: UMA POÉTICA DA LEITURA
BRASIL: ARQUITETURAS APOS 1950
BRECHT E O TEATRO ÉPICO
BRECHT NA PÓS-MODERNIDADE
BRECHT: UM JOGO DE APRENDIZAGEM
BUCHNER: NA PENA E NA CENA
CABALA E SEU SIMBOLISMO,A
CABALA, CABALISMO E CABALISTAS
CAÇANDO A REALIDADE: A LUTA PELO REALISMO
CADERNO ITALIANO
CAMINHANTE, NÃO HA CAMINHO. SÓ RASTROS
CAMINHOS DO TEATRO OCIDENTAL
CAMPO FEITO DE SONHOS
CARTAS A UMA JOVEM PSICANALISTA
CENA CONTAMINADA, A
CENA EM ENSAIOS, A
CÉU SUBTERRÂNEO
CIDADE CAMINHÁVEL
CIDADE DO PRIMEIRO RENASCIMENTO, A
CIDADE DO SECULO VINTE, A
CIDADE DO SECULO XIX, A
CIDADE E O ARQUITETO, A
CIDADES DO AMANHA – REVISTA E AUMENTADA
CIDADES PARA PESSOAS
CIÊNCIA SOCIAL NUM MUNDO EM CRISE, A
CINEMA ERRANTE, O
CINEMA EXPLICITO
CINEMA: ARTE & INDUSTRIA
CINÉTICA DO INVISÍVEL, A: PROCESSOS DE
CLASSICISMO, O
COISAS E ANJOS DE RILKE
COLUNA DANÇANTE, A
COM OS SECULOS NOS OLHOS
COM TINTA VERMELHA
COMENTÁRIO SOBRE A REPUBLICA
COMO PARAR DE ATUAR
COMO SE FAZ UMA TESE
CONJUNÇÕES E DISJUNÇÕES
CONSTRUÇÃO DO SENTIDO NA ARQUITETURA, A
CONTAR HISTORIAS COM O JOGO TEATRAL
CONVERSAS COM GAUDÍ
CONVERSAS COM IGOR STRAVINSKI
CONVERSAS SOBRE A FORMAÇÃO DO ATOR
CORRESPONDÊNCIA
CRISANTEMO E A ESPADA, O
CRISANTEMPO
CRISES DA REPUBLICA
CRITICA E VERDADE
CRÍTICA GENÉTICA E PSICANÁLISE
CULTURA GREGA E AS ORIGENS DO PENSAMENTO
DA CENA EM CENA
DANÇA E O AGIT-PROP: OS TEATROS NÃO TEATRAIS, A
DEPOIS DO ESPETÁCULO
DESAFIO DO ISLÃ E OUTROS DESAFIOS, O
DESCARTES: OBRAS ESCOLHIDAS
DESCOBERTA DA EUROPA PELO ISLÃ, A
DESCONSTRUÇÃO DO CAOS, A
DEUS E O DIABO NO FAUSTO DE GOETHE
DICIONARIO CRITICO CÂMARA CASCUDO
DICIONARIO DE TEATRO
DICIONARIO DO TEATRO BRASILEIRO: TEMAS,
DICIONARIO SESC: A LINGUAGEM DA CULTURA
DIDEROT
DIDEROT: OBRAS I – FILOSOFIA E POLITICA
DIDEROT: OBRAS II – ESTÉTICA, POÉTICA E
DIDEROT: OBRAS III – O SOBRINHO DE RAME
DIDEROT: OBRAS IV – JACQUES, O FATALISTA
DIDEROT: OBRAS V – O FILHO NATURAL
DIDEROT: OBRAS VI (2)-O ENCICLOPEDISTA
DIDEROT: OBRAS VI (3) – O ENCICLOPEDISTA
DIDEROT: OBRAS VI – O ENCICLOPEDISTA
DIDEROT: OBRAS VII – A RELIGIOSA
DIREITOS HUMANOS COMO TEMA GLOBAL, OS
DIREITOS HUMANOS NA PÓS-MODERNIDADE, OS
DO ANTI-SIONISMO AO ANTI-SEMITISMO
DO DIALOGO E DO DIALÓGICO
DO GROTESCO E DO SUBLIME
DO ROCOCÓ AO CUBISMO
DRAMA ROMÂNTICO BRASILEIRO, O
DRAMATURGIA DA MEMORIA NO TEATRO-DANÇÁ,
DRAMATURGIA DE TELEVISÃO
DRAMATURGIA ELIZABETANA
DRAMATURGIA: A CONSTRUÇÃO DA PERSONAGEM
DRUIDAS, OS
DUAS LEITURAS SEMIÓTICAS
ECONOMIA COLONIAL
ECONOMIA DAS TROCAS SIMBÓLICAS, A
ÉDEN: UM TRÍPTICO BÍBLICO
ÉDIPO EM COLONO DE SÓFOCLES
ÉDIPO EM TEBAS
ÉDIPO REI DE SÓFOCLES
EIS ANTONIN ARTAUD
EISENSTEIN ULTRATEATRAL
EM BUSCA DE UM LUGAR NO MUNDO
EM GUARDA CONTRA O PERIGO VERMELHO
EM QUE MUNDO VIVEREMOS?
ENCENAÇÃO CONTEMPORÂNEA, A
ENSAIOS DE ATUAÇÃO
ENSAIOS DE SOCIOLOGIA
ENSAIOS LINGUÍSTICOS
ENSINAMENTOS DA LOUCURA, OS
ENSINO DA ARTE: MEMORIA E HISTORIA
ENTRE O ATOR E O PERFORMER
ENTRE O MEDITERRÂNEO E O ATLÂNTICO: UMA
ENTRE O PASSADO E O FUTURO
ENTREMILÊNIOS
EROS NA GRÉCIA ANTIGA
ESCRAVIDÃO, REFORMA E IMPERIALISMO
ESCREVIVER
ESCRITO SOBRE UM CORPO
ESCRITOS PSICANALÍTICOS SOBRE LITERATURA
ESCRITOS SOBRE A HISTORIA
ESCRITURA E A DIFERENÇA, A
ESCRITURA POLITICA NO TEXTO TEATRAL: EN
ESPIRITUALIDADE BUDISTA I, A : INDIA, S
ESPIRITUALIDADE BUDISTA II, A: CHINA MA
ESQUERDA DIFÍCIL, A: EM TORNO DO PARADI
ESTADO PERSA, O
ESTÉTICA DA CONTRADIÇÃO
ESTÉTICA DA SONORIDADE
ESTÉTICA DO OBJETIVO, A
ESTÉTICA E FILOSOFIA
ESTÉTICA E HISTÓRIA
ESTRUTURA AUSENTE, A
ESTRUTURA DA TEORIA PSICANALÍTICA
ESTRUTURA DAS REVOLUÇÕES CIENTIFICAS, A
ESTRUTURAS INTELECTUAIS
ESTRUTURAS NARRATIVAS, AS
ESTUDOS SOBRE O BARROCO
ÉTICA E CULTURA
ÉTICA, RESPONSABILIDADE E JUÍZO EM HANNAH ARENDT
EXPEDIÇÃO AO INVERNO
EXPRESSIONISMO, O
ÊXTASE RELIGIOSO
FALANDO DE IDADE MEDIA
FELICIA LEIRNER: TEXTOS POÉTICOS E AFORISMOS
FENOMENOLOGIA E ESTRUTURALISMO
FERNANDO PESSOA OU O POETODRAMA
FILHA DO CAPITÃO E O JOGO DAS EPIGRAFES
FILOSOFIA DA NOVA MUSICA
FILOSOFIA EM NOVA CHAVE
FÍSICA E FILOSOFIA
FORMALISMO E FUTURISMO
FORMAS DO CONTEÚDO, AS
FRAGMENTAÇÃO DA PERSONAGEM, A
FREUD: A TRAMA DOS CONCEITOS
FREUDISMO, O
FUNÇÃO ESTÉTICA DA LUZ
FUTURISMO ITALIANO, O
GÊNESE DA VERTIGEM, A
GENOCÍDIO DO NEGRO BRASILEIRO
GIORGIO STREHLER: A CENA VIVA
GOLEM, BENJAMIN, BUBER E OUTROS JUSTOS:
GOLEM, O
GÓRGIAS DE PLATÃO: OBRAS II
GRAMATOLOGIA
GRANDE DIÁRIO DO PEQUENO ATOR, O
GRANDE MENTIRA, A
GRAU ZERO DO ESCREVIVER, O
GROTESCO, O
GUENADI AIGUI: SILENCIO E CLAMOR
GUIA HISTÓRICO DA LITERATURA HEBRAICA
HAC-HORA: UM TEMPO FORA DO TEMPO
HAROLDO DE CAMPOS – TRANSCRIAÇÃO
HEDONISTA VIRTUOSO
HEGEL E O ESTADO
HEINE HEIN? – POETA DOS CONTRÁRIOS
HEINER MULLER: O ESPANTO NO TEATRO
HELIO OITICICA, SINGULARIDADE, MULTIPLICIDADE
HISTORIA DA ARQUITETURA MODERNA
HISTORIA DA CIDADE
HISTORIA DA LOUCURA
HISTORIA DO SURREALISMO
HISTORIA DO TEATRO BRASILEIRO: VOL I
HISTORIA DO TEATRO BRASILEIRO: VOL II
HISTORIA DO URBANISMO EUROPEU
HISTORIA E LITERATURA: ENSAIOS PARA UMA
HISTORIA E NARRAÇÃO EM WALTER BENJAMIN
HISTORIA MUNDIAL DO TEATRO
HISTORIAS DO RABI
HOLOCAUSTO: VIVENCIA E RETRANSMISSÃO
HOMEM E A TERRA, O: NATUREZA DA REALIDADE
HOMEM E SEU ISSO, O
HOMO LUDENS: O JOGO COMO ELEMENTO DA CU
HOPKINS: A BELEZA DIFÍCIL
HOSPEDE POR UMA NOITE
IDEIA DE CIDADE, A: A ANTROPOLOGIA DA F
IDEIA DO TEATRO, A
IDEIAS TEATRAIS: O SECULO XIX NO BRASIL
ILUSÕES DA MODERNIDADE, AS
IMAGEM INCONSCIENTE DO CORPO, A
IMAGEM NO ENSINO DA ARTE, A
IMAGINÁRIOS URBANOS
IMPROVISAÇÃO PARA O TEATRO
INCORPORAÇÃO VOCAL DO TEXTO, A
INDUSTRIA CULTURAL: A AGONIA DE UM CONC
INTERIOR DA HISTORIA, O: HISTORIOGRAFIA ARQUITETON
INTRODUÇÃO A LITERATURA FANTÁSTICA
INTRODUÇÃO A SEMANALISE
INVASÕES NORMANDAS: UMA CATÁSTROFE?, AS
ISAIAH BERLIM: COM TODA LIBERDADE
ISLÃ CLÁSSICO, O
ISTO NÃO E UM ATOR
JANELA DE DRAMATURGIA – LIVRO 1
JANELA DE DRAMATURGIA – LIVRO 2
JANELA DE DRAMATURGIA – LIVRO 3
JOGO TEATRAL NO LIVRO DO DIRETOR, O
JOGO, TEATRO & PENSAMENTO
JOGOS TEATRAIS
JOGOS TEATRAIS NA SALA DE AULA: O LIVRO
JOGOS TEATRAIS: O FICHÁRIO DE VIOLA SPOLIN
JORGE ANDRADE: UM DRAMATURGO NO ESPAÇO-TEMPO
JUDAÍSMO, REFLEXÕES E VIVÊNCIAS
JUDEUS HETERODOXOS: MESSIANISMO, ROMANT
KA
KAFKA: A JUSTIÇA, O VEREDICTO E A COLON
KAFKA: PRO E CONTRA
KITSCH, O: A ARTE DA FELICIDADE
LACAN: OPERADORES DA LEITURA
LASAR SEGALL: EXPRESSIONISMO E JUDAÍSMO
LAZER E CULTURA POPULAR
LECTOR IN FABULA
LESSING
LÉXICO DE PEDAGOGIA DO TEATRO
LINGUAGEM E VIDA
LINGUAGEM LIBERADA, A
LINGUAGEM, A
LINGUÍSTICA. POÉTICA. CINEMA.
LISISTRATA E TESMOFORIANTES DE ARISTOFA
LITERATURA E MATEMÁTICA
LITERATURA E MUSICA
LIVRO DISSO, O
LIVRO DO JAZZ, O
LOGICA DA CRIAÇÃO LITERÁRIA, A
LOGICA DO SENTIDO
LÚDICO E AS PROJEÇÕES DO M. BARROCO I
LÚDICO E AS PROJEÇÕES DO M. BARROCO II
LUGARES DA MEMORIA – MEMOIR
LUIS ALBERTO DE ABREU: UM TEATRO DE PES
LUKÁCS E SEUS CONTEMPORÂNEOS
LUXO & DESIGN: ÉTICA, ESTÉTICA E  MERCADO DO GOSTO
MAGISTRADOS E FEITICEIROS NA FRANCA DO
MAIAKÓVSKI – POEMAS
MAIAKÓVSKI E O TEATRO DE VANGUARDA
MAIS ALEMÃ DAS ARTES, A
MALLARMÉ
MANICÔMIOS, PRISÕES E CONVENTOS
MARCEL DUCHAMP OU O CASTELO DA PUREZA
MARCEL DUCHAMP: ENGENHEIRO DO TEMPO PER
MASCARAS MUTÁVEIS DO BUDA DOURADO: ENSA
MECANISMOS DA CONQUISTA COLONIAL
MEIERHOLD
MELANIE KLEIN I
MELANIE KLEIN II
MELODRAMA, O
MERCANTILISMO, O
MESTRES DO TEATRO I
METALINGUAGEM E OUTRAS METAS
METALINGUAGEM E TEATRO
METAMAT!: EM BUSCA DO OMEGA
METRÓPOLE: ABSTRAÇÃO
MIKHAIL BAKHTIN
MIMÉSIS: A REPRESENTAÇÃO DA REALIDADE N
MISERÁVEIS ENTRAM EM CENA: BRASIL 1950-1970, OS
MISSÃO ITALIANA, A
MISTICA E RAZÃO: DIALÉTICA NO PENSAMENTO
MITO E O HERÓI NO MODERNO TEATRO BRASIL
MITO E REALIDADE
MITO E TRAGEDIA NA GRÉCIA ANTIGA
MITO, O
MODERNISMO, O
MONSTRUTIVISMO: RETA E CURVA DAS VANGUARDAS
MORADA PAULISTA
MORFOLOGIA DO MACUNAIMA
MORFOLOGIA E ESTRUTURA NO CONTO FOLCLOR
MORTE DA TRAGEDIA, A
MOSTEIRO DE SHAOLIN, O: HISTORIA, RELIG
MUSICA CLÁSSICA DA ÍNDIA, A
MUSICA DE CENA
MUSICA DE INVENÇÃO 2, A
MUSICA GREGA, A
MUSICA HOJE 2, A
MUSICA HOJE, A
MUSICA SERVA D ALMA: CLAUDIO MONTEVERDI
MUSICA, CINEMA DO SOM
NA CENA DO DR. DAPERTUTTO: POÉTICA E PE
NA SENDA DA RAZÃO
NÃO: POEMAS
NEGRO, MACUMBA E FUTEBOL
NISSIM CASTIEL
NORBERT ELIAS, A POLITICA E A HISTORIA
NORBERTO BOBBIO: TRAJETORIA E OBRA
NOS JARDINS DE BURLE MARX
NOTAS PARA UMA DEFINIÇÃO DE CULTURA
NOVA ARTE, A
NOVA ECONOMIA POLITICA DOS SERVIÇOS
NOVA HISTORIA E NOVO MUNDO
NZINGA: RESISTÊNCIA AFRICANA A INVESTID
OBRA ABERTA – REVISTA E AMPLIADA
OFICIO DO COMPOSITOR HOJE, O
ONISKA: POÉTICA DO XAMANISMO NA AMAZÔNIA
OPERA ALEMÃ, A
OPERA BARROCA ITALIANA, A
OPERA CLÁSSICA ITALIANA, A
OPERA INGLESA, A
OPERA NA FRANCA, A
OPERA NA RUSSIA, A
OPERA NOS ESTADOS UNIDOS, A
OPERA ROMÂNTICA ITALIANA, A
OPERA TCHECA, A
OPERAS DE RICHARD STRAUSS
ORIGENS DO FASCISMO, AS
ORIKI ORIXA
ORQUESTRA DO REICH, A
OUTRO
PALAVRAS PRATICADAS
PANAROMA DO FINNEGANS WAKE
PAPEL DO CORPO NO CORPO DO ATOR, O
PARA COMPREENDER AS MUSICAS DE HOJE
PARA LER O TEATRO
PARTILHA DA AFRICA NEGRA, A
PENSAMENTO MUSICAL DE NIETZSCHE, O
PERCEPÇÃO E EXPERIENCIA
PERFORMANCE COMO LINGUAGEM
PERFORMER NITENTE
PERSAS, OS: DE ESQUILO
PERSONA PERFORMÁTICA
PERSONAGEM DE FICÇÃO, A
PESSOA HUMANA E SINGULARIDADE EM EDITH STEIN
PETER HANDKE: PECAS FALADAS
PIRANDELLO: DO TEATRO NO TEATRO
PLANEJAMENTO NO BRASIL
PLANEJAMENTO NO BRASIL II
PLANEJAMENTO URBANO
POESIA DA RECUSA
POESIA RUSSA MODERNA
POESIA VISUAL – VÍDEO POESIA
POÉTICA DE MAIAKÓVSKI, A
POÉTICA DE SEM LUGAR, A
POÉTICA DO TRADUZIR
POLÍBIO: HISTORIA PRAGMÁTICA
POLITIZAÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS, A
PONTO DE FUGA
POR UMA ARQUITETURA
PÓS-BRASILIA: RUMOS DA ARQUITETURA BRAS
PÓS-DRAMÁTICO, O
PÓS-MODERNISMO, O
PRÁXIS DO CINEMA
PRAZER DO TEXTO, O
PRECONCEITO, RACISMO E POLITICA
PRESENÇA DE DUNS ESCOTO NO PENSAMENTO DE EDITH STE
PRESENÇAS DO OUTRO
PRIMEIRA LIÇÃO DE URBANISMO
PRISMAS DO TEATRO
PROBLEMAS DA FÍSICA MODERNA
PROCESSOS CRIATIVOS DE ROBERT WILSON, O
PROCESSOS DE CRIAÇÃO NA ESCRITURA, OS
PROLEGOMENOS A UMA TEORIA DA LINGUAGEM
PROVA DE GODEL, A
PSICANALISAR
PSICANALISE E TEORIA LITERÁRIA
PSICANALISE, ESTÉTICA E ÉTICA DO DESEJO
PUREZA E PERIGO
QUADRO DA ARQUITETURA NO BRASIL
QUAL O ESPAÇO DO LUGAR?: GEOGRAFIA, EPI
QUE E LITERATURA COMPARADA?
QUEIMAR A CASA: ORIGENS DE UM DIRETOR
RAÇA E CIÊNCIA I
RACISMO, UMA INTRODUÇÃO, O
RAZÃO DE ESTADO E OUTROS ESTADOS DA RAZÃO
RE VISÃO DE SOUSÂNDRADE
REALIDADE FIGURATIVA, A
REALISMO MARAVILHOSO, O
REGRA E O MODELO, A
RELIGIÕES DOS OPRIMIDOS, AS
REOPERAÇÃO DO TEXTO, A
REPENSANDO A ANTROPOLOGIA
REPUBLICA DE PLATÃO, A
REVOLUÇÃO FRANCESA, A
REVOLUÇÃO HOLANDESA, A
REVOLUÇÃO PSICANALÍTICA, A
REVOLUÇÃO RUSSA DE 1917, A
REVOLUÇÕES DO MÉXICO, AS
RÍTMICA
RITMO E DINÂMICA NO ESPETÁCULO TEATRAL
ROMANTISMO, O
ROSA LUXEMBURGO E A ESPONTANEIDADE REVO
SABATAI TZVI: O MESSIAS MISTICO I
SABATAI TZVI: O MESSIAS MISTICO II
SABATAI TZVI: O MESSIAS MISTICO III
SÁBATO MAGALDI E AS HERESIAS DO TEATRO
SAÍDA, VOZ E LEALDADE
SAMUEL BECKETT: ESCRITOR PLURAL
SARTRE
SCHABAT,O
SCHOA: SEPULTOS NAS NUVENS
SEMIOLOGIA DO TEATRO
SEMIÓTICA
SEMIÓTICA RUSSA
SEMIÓTICA, INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO
SENTIDO E A MASCARA, O
SENTIMENTO E FORMA
SEXO E TEMPERAMENTO
SHAZAM!
SHOSTAKOVITCH: VIDA, MUSICA, TEMPO
SIGNANTIA: QUASI COELUM
SIGNIFICAÇÃO NO CINEMA, A
SIGNIFICADO NAS ARTES VISUAIS
SIGNO DE TRÊS, O
SIGNOS EM ROTAÇÃO
SINTAXE E SEMÂNTICA NA GRAMATICA TRANSF
SISTEMA DOS OBJETOS, O
SOBRE COMUNIDADE
SOCIODINÂMICA DA CULTURA
SOCIOLOGIA DA CULTURA
SOCIOLOGIA EMPÍRICA DO LAZER
SOLDADO NU, O
SOM-IMAGEM NO CINEMA: A EXPERIENCIA ALE
SPINOZA – OBRA COMPLETA I
SPINOZA – OBRA COMPLETA II
SPINOZA – OBRA COMPLETA III
SPINOZA – OBRA COMPLETA IV
SRI AUROBINDO OU A AVENTURA DA CONSCIE
STANISLAVSKI E O TEATRO DE ARTE DE MOSC
STANISLAVSKI EM PROCESSO
STANISLAVSKI, MEIERHOLD & CIA.
SURREALISMO, O
TATIANA BELINKY: UMA JANELA PARA O MUNDO
TEATRALIDADES CONTEMPORÂNEAS
TEATRO (S) DE RUA DO BRASIL: A LUTA PELO ESPACO PU
TEATRO BRASILEIRO MODERNO, O
TEATRO BRASILEIRO: IDEIAS DE UMA HISTOR
TEATRO DA MORTE, O
TEATRO DO CORPO MANIFESTO: TEATRO FISIC
TEATRO E NECESSÁRIO?, O
TEATRO E SOCIEDADE: SHAKESPEARE
TEATRO EM CRISE
TEATRO EM PROGRESSO
TEATRO ÉPICO, O
TEATRO ESPANHOL DO SECULO DE OURO
TEATRO HIP-HOP
TEATRO LABORATÓRIO DE JERZY GROTOWSKI
TEATRO NO BRASIL
TEATRO NO CRUZAMENTO DE CULTURAS, O
TEATRO: A REDESCOBERTA DO ESTILO
TEMPO DAS REDES, O
TEMPO NÃO RECONCILIADO, O
TENTATIVAS DE MITOLOGIA
TEORIA CRITICA I
TEORIA DA ALTERIDADE JURÍDICA, A
TEORIA E PROJETO NA PRIMEIRA ERA DA MAQ
TEORIA E REALIDADE
TEORIA GERAL DOS SIGNOS, A
TEORIA QUE NÃO MORRERIA, A
TEORIAS DA RECEPÇÃO
TEORIAS DO ESPAÇO LITERÁRIO
TERCEIRO TEMPO DO TRAUMA
TERRITÓRIO DA ARQUITETURA
TESTEMUNHAS DO FUTURO
TEVYE, O LEITEIRO
TEXTO E JOGO
TEXTO NO TEATRO, O
TEXTO/CONTEXTO I
TEXTO/CONTEXTO II
TODOS OS CORPOS DE PASOLINI
TOLSTOI OU DOSTOIEVSKI
TRABALHAR COM GROTOWSKI SOBRE AS ACOES
TRADUÇÃO COMO MANIPULAÇÃO, A
TRADUÇÃO INTERSEMIÓTICA
TRADUÇÃO, ATO DESMEDIDO
TRAGEDIA GREGA, A
TRATADO GERAL DE SEMIÓTICA
TRÊS ESTABELECIMENTOS HUMANOS, OS
UM OFICIO PERIGOSO: A VIDA COTIDIANA DO
UM OLHAR ATRAVÉS DE MASCARAS
UM TEATRO DA MULHER
UM VOO BRECHTIANO
UNISSEXO
URBANISMO, O
UTILIDADE DO CONHECIMENTO, A
VALISE DE CRONOPIO
VER A TERRA: SEIS ENSAIOS SOBRE A PAISA
VERSO, REVERSO, CONTROVERSO
VERTICAL DO PAPEL, A
VIDA E VALORES DO POVO JUDEU
VINCENT VAN GOGH: A NOITE ESTRELADA
VISÍVEL E O INVISÍVEL, O
VOZ ARTICULADA PELO CORAÇÃO
VSEVOLOD MEIERHOLD: OU A INVENÇÃO DA EN
WALTER BENJAMIN: A HISTORIA DE UMA AMIZ
WALTER SMETAK: O ALQUIMISTA DOS SONS
WEIMAR
WORK IN PROGRESS NA CENA CONTEMPORÂNEA
ZIEMBINSKY: AQUELE BÁRBARO SOTAQUE POLONÊS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s