58º Prêmio Jabuti

O Prêmio Jabuti chega a sua 58a edição!Este ano, a editora Perspectiva participa com três publicações! Conheça os livros finalistas de 2016.

Ano passado estivemos na primeira posição da categoria Tradução, com Spinoza: Obra Completa (J. Guinsburg, Newton Cunha e Roberto Romano ).


 

1A Utilidade do Conhecimento (Carlos Vogt)

Categoria: Ciências da Natureza, Meio Ambiente e Matemática

Carlos Vogt, pensador da cultura e poeta, é professor de semiótica e, portanto, busca nos signos a verdade dos significantes e significados. Ele reúne neste volume um conjunto de trabalhos que intitula A Utilidade do Conhecimento. O próprio título o filia ao pragmatismo e o seu ensaio de abertura pergunta “A Quem Pertence o Conhecimento?” Sua resposta é incisiva: ao homem! Ela não provém apenas de uma reflexão asséptica e objetiva da Sociedade do Conhecimento e dos impactos da evolução das TIC(s). Sua visada é humanista e seu pragmatismo, ético por excelência, decorre, sem dúvida, de seus anos de formação que podemos acompanhar no “Álbum de Retalhos” e na “Memória e Linguagem” – um verdadeiro Bildungsroman – inseridos na interface entre a primeira e a última parte, a que compõe seus artigos acadêmicos. Para Vogt, a “utilidade do conhecimento o torna ético” e a riqueza gerada por seus produtos deve retornar a quem o produz, para seu bem-estar e sua felicidade, dando-lhe sentido à vida pela via do conhecimento.

Em linguagem poética quase sempre, contundente e pertinente sempre, os escritos deste volume envolvem o leitor numa espiral de desafios éticos, tecnológicos e ecológicos que se eleva em uma atmosfera de cultura centrada no homem, esse ser singular dotado de gesto e linguagem, capaz de inovar, indagar, questionar, criando conhecimentos, cuja dinâmica tem como pressuposto a liberdade, a tolerância, a democracia, que, por sua vez, induzem ao respeito às diferenças e ao planeta e o tornam não só cidadão do mundo globalizado, mas também um brasileiro e cidadão.

                                   Gita K. Guinsburg



2

Léxico de Pedagogia do Teatro (Ingrid Dormien Koudela e José Simões de Almeida Junior)

Categoria: Educação e Pedagogia

Nas últimas décadas, a pedagogia do teatro desenvolveu-se de maneira consistente a ponto de tornar-se uma disciplina autônoma, que passa a ser incorporada em diferentes sistemas organizacionais e de formação. É sabido que junto à efervescência da exploração de novidades caminha, pari passu, o perigo das inconsistências. Cônscio desse risco, o Léxico de Pedagogia do Teatro, mais uma contribuição editorial da Perspectiva no campo das artes cênicas, nasce, em primeiro lugar, com a proposta de sistematizar ideias, noções e conceitos naturalmente tornados próprios de uma área de estudos que sai de sua infância e já oferece pujante participação no desenvolvimento das invenções para o palco, tanto dentro como fora dele. Por outro lado, também propõe-se, como instrumento, introduzir e instigar qualquer leitor, em vários níveis, a percorrer os meandros das singularidades de uma matéria relativamente recente.

Marcio Honório



3

Ética, Responsabilidade e Juízo em Hanna Arendt (Bethania Assy)

CategoriaCiências Humanas

Hannah Arendt enfatiza que a lição de um senso vivo e duradouro de dever filial é incutido com mais eficácia pela leitura de Rei Lear do que por áridos volumes de ética. Representa a supremacia da fidelidade à experiência em detrimento a conceitos e códigos morais. Ainda que a autora não tenha se empenhado diretamente na proposição de uma teoria moral, este livro problematiza em seus escritos tardios uma dimensão ética própria da lacuna deixada nas sociedades pós-totalitárias. Esta ética está sobretudo baseada nas faculdades da vitacomtemplativa: pensar, querer e julgar. O espaço no qual o homem de ação – o Aquiles de A condição humana – cria e age politicamente e o tempo em que o ELE kafkiano – de A vida do espírito – se interpela e ajuíza, entremeiam-se no espaço-entre ­do domínio público arendtiano. Em direção contrária aos intérpretes da obra da autora que asseveram uma cisão entre a vida do espírito e as noções de espaço público, ação e responsabilidade, argumento que há uma dimensão ética fundamental na produção intelectual de Hannah Arendt pós-1960, estreitamente articulada a seus escritos políticos das décadas anteriores.




A lista com todos os indicados está disponível no site oficial do Prêmio Jabuti e os vencedores serão anunciados no dia 11 de novembro!

jabuti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s